Últimas notícias

Procon Alagoas realiza pesquisa de preços dos itens da Semana Santa



Com a proximidade da Semana Santa, os alagoanos começam a movimentar o mercado em busca de produtos para compor o tradicional almoço no domingo de Páscoa. Com o propósito de contribuir para a orientação dos consumidores sobre os valores dos produtos, assim como coibir possíveis práticas abusivas, o Instituto de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon/AL) fez uma pesquisa de preços dos itens mais procurados nessa época, nos estabelecimentos comerciais em Maceió.

A equipe de fiscalização visitou alguns estabelecimentos, entre eles as barracas de pescados da balança, supermercados e lojas de departamentos, verificando se o armazenamento está adequado, validade, as condições das embalagens e se as informações e os preços dos produtos estão visíveis. Os itens que compõem a lista são leite de coco, pescados, chocolate, azeite, dentre outros. Para ver a lista completa da pesquisa clique aqui.

O valor do peixe, um dos itens mais procurados e que está presente na mesa dos consumidores, custa, em média, R$ 25,00 o quilo, em diversos centros comerciais. Já o ovo de chocolate de 227g está custando, em média, R$ 35,90, de diferentes marcas. Em relação ao leite de coco de 200 ml, das mais variadas marcas, o preço varia entre R$ 3,79 e R$ 5,75.

“É muito importante o trabalho realizado pelos nossos agentes de fiscalização, para levar aos consumidores um conhecimento acerca dos preços dos mais variados produtos, evitando possíveis descumprimentos ao Código de Defesa do Consumidor, pois são em períodos como esses que as ocorrências são mais frequentes”, diz o diretor-presidente do Procon-AL, Daniel Sampaio.

O Procon dispõe de canais para atender à população alagoana, receber reclamações e realizar denúncias. Caso haja alguma ocorrência, o consumidor pode entrar em contato pelo 151, mandar mensagens ao WhatsApp (82) 98876-8297 e de forma presencial, mediante agendamento, no site agendamento.seplag.al.gov.br.

Por João Brito / Ascom Procon/AL

Nenhum comentário