Últimas notícias

Pilar investe quatro vezes mais que média nacional; “Resultado excepcional”, aponta Santoro

 

Que Pilar vive um novo momento, isso já não é novidade para ninguém. O que talvez pouca gente saiba é que a transformação pela qual a cidade vem passando decorre de uma gestão séria, que saneou as finanças públicas e, com a devida responsabilidade fiscal, vem realizando os investimentos necessários para, além de promover o desenvolvimento, garantir qualidade de vida aos munícipes.

E os números confirmam tamanho avanço. Isso porque, desde 2018, a Prefeitura do Pilar vem aumentando, ano após ano, as despesas com investimento, aquelas que geram bem-estar à população. Saiu de R$ 9,4 milhões (6,08% da receita corrente líquida) para surpreendentes R$ 49,9 milhões em 2021, perfazendo 18,33% da RCL – o maior montante, em recursos próprios, da história do município.

O Índice Firjan de Gestão Fiscal (IFGF) reforça, inclusive, o quanto a marca é expressiva. Com base em dados oficiais, o IFGF atestou a gravidade do quadro fiscal dos municípios brasileiros – que, em virtude da pandemia da Covid-19, viram-se obrigados a otimizar os recursos já escassos. Segundo o levantamento (disponível aqui), 2.672 prefeituras investem, em média, apenas 4,6% da receita.

“Também sofremos com a pandemia, mas, com muita determinação, conseguimos arrumar a casa e empregar os recursos da melhor forma. O resultado pode ser visto em cada canto da cidade. São novas escolas, postos de saúde, entre outros equipamentos públicos que vêm mudando, para melhor, a vida de milhares de pessoas”, afirma o prefeito do Pilar, Renato Filho, para quem investir quatro vezes mais que a média nacional “é motivo de muito orgulho e satisfação”.

Ao todo, ainda conforme o IFGF, 1.704 prefeituras (32,5% do total) simplesmente não se sustentam. Juntas, eles precisam de R$ 4,5 bilhões em transferências para suprir os custos da estrutura administrativa de Prefeitura e Câmara Municipal, valor que deixa de ser alocado em áreas consideradas essenciais, como habitação e saneamento.

Diante deste cenário, o secretário de Estado da Fazenda, George Santoro, enaltece os números que um município alagoano passou a ostentar em tão pouco tempo. “Conseguir investir mais de dezoito por cento é muito importante porque qualquer gestor almeja pelo menos dez por cento. Ou seja, Pilar está investindo quase o dobro. É um resultado excepcional, indicando que o prefeito Renato Filho vem fazendo um excelente trabalho”, atesta Santoro.

Ascom 

Nenhum comentário