Últimas notícias

Câmara de Vereadores aprova projeto que concede 14º salário aos profissionais da educação de Pilar

Presidente da Câmara, Vereador Tayronne Henrique: Foto: Pedro Quirino


A Câmara de Vereadores de Pilar aprovou, em sessão extraordinária desta quinta-feira (30), o projeto de lei nº 036/21, que concede abono aos profissionais da rede de educação básica de Pilar, considerado informalmente como 14º salário.

Como anunciado em suas redes sociais pelo presidente da Casa, vereador Tayronne Henrique (PSC), o projeto foi votado em caráter de urgência em sessão extraordinária realizada na manhã e inicio da tarde desta última quinta-feira do ano. 

A seriedade e rapidez que o presidente da Casa tratou o projeto de lei de autoria do Poder Executivo vai permitir ao Município efetuar o pagamento, para servidores efetivos e contratados, no até o próximo dia 10 de janeiro.

Nesse mesmo mês de dezembro a Câmara também aprovou o  projeto de lei para reajustar o salário dos servidores da Educação municipal em 12% e agora mais um projeto de valorização para os profissionais da educação foi debatido e aprovado pela Casa de Leis.

Ao defender o projeto, o líder do governo Rafael Lages (PSC) explicou que o projeto de lei foi votado como medida de urgência depois que a Lei 14.276 que permite o rateio dos recursos do FUNDEB foi aprovada e que esse valor é isento de descontos. 

 "Gostaria de dizer para os servidores da educação, que esse valor não tem descontos, é um abono desvinculado totalmente do seu salário. Se aprovada hoje será sancionada hoje e paga o mais rápido possível", defendeu o parlamentar.

 O vereador Djacy Maia (PSC) também fez uso da palavra e falou sobre a satisfação de votar um projeto que valorize os profissionais da educação do município.

"Gostaria de expressar a minha alegria de poder votar esse projeto e colaborar com os valorosos profissionais da educação do nosso município. Valorização profissional é dada de varias formas, mas a principal é no tocante a valorização salarial, embora o que estamos votando agora é um abono, mesmo assim traz benefícios para os servidores. Falamos tanto de valorização aos profissionais da educação e é através de medidas concretas que se faz isso", afirmou votando favorável Djacy Maia.   

O vereador Marquinhos Cachoeira (PDT), por sua vez, destacou que os profissionais merecem sempre serem valorizados e agradeceu o prefeito Renato Filho por ter incluído os servidores contratados.

"Um projeto como este, esta de parabéns o gestor por enviar esse projeto para a câmara, uma coisa que fico grato é que não será apenas para os professores, mas para todos os profissionais de apoio e para os contratados. Então em nome desses contratados quero agradecer ao prefeito Renato Filho por ter enviado esse projeto e pela sensibilidade de ter incluído aos contratos", enfatizou.

O abono aprovado pelo Legislativo vai beneficiar todos os profissionais da educação básica efetivos e contratados do minicipio.

Nenhum comentário