Últimas notícias

Arapiraca, Marechal e Pilar lideram taxa de incidência da covid-19 em Alagoas por 100 mil habitantes


Arapiraca, Marechal Deodoro e Pilar são as três cidades de Alagoas que lideram o ranking da incidência de Covid-19 por cem mil habitantes. O levantamento leva em conta os casos confirmados em moradores das cidades de 2020 a 2021. Os dados são do Boletim Epidemiológico da Secretaria de Saúde do Estado (Sesau) divulgado nesta sexta-feira (17).

A Capital do Agreste é a cidade que está no topo da lista. Segundo o boletim, foram 13.398,2 casos por cem mil habitantes. Durante os dois anos de pandemia, Arapiraca totaliza um quantitativo de 31.224 casos de covid-19 confirmados. Destes, 538 morreram em decorrência da doença e atualmente, 289 casos estão em investigação.

Em segundo lugar vem Marechal Deodoro, que possui uma taxa de 12.814 casos por cem mil habitantes. Ao longo dos anos de 2020 e 2021, a cidade da Região Metropolitana teve 6.712 casos confirmados, 119 óbitos e investiga 52 casos suspeitos.

Já Pilar possui uma taxa de 10.355 casos por cem mil habitantes e registrou um total, ao longo dos dois anos, 4007 casos, 60 óbitos e atualmente investiga três casos suspeitos.

A capital alagoana é a quinta de Alagoas com a maior taxa de incidência de covid-19 por cem mil habitantes, considerando os registros de moradores. São 8.890 casos por cem mil habitantes. Ao todo, Maceió tem 93.143 casos confirmados e 2.798 óbitos.

Já Alagoas tem uma taxa de 7.216 casos confirmados por cem mil habitantes. O município alagoano que registrou menor incidência foi Olho D'Água do Casado, localizada no Sertão.

De janeiro a 15 de dezembro, apenas seis dias de 2021 não registraram mortes por Covid em AL

Apenas seis dias de 2021 não registraram mortes por covid-19 em Alagoas. Isso ocorreu em outubro e dezembro deste ano, aponta boletim epidemiológico da Secretaria de Saúde do Estado (Sesau) desta quarta-feira (15), quando informou que o estado está, pela primeira vez, com dois dias seguidos sem mortes pela doença, registrados terça-feira (14) e quarta-feira (16).

De acordo com a Sesau, não houve mortes pela doença em Alagoas nos dias 7 e 15 de outubro. Assim como não tiveram também nos dias 4, 6, 14 e 15 de dezembro. Se em 2021, os dias que não tiveram mortes foram nos meses que finalizam o ano, em 2020 isso ocorreu nos primeiros meses do ano, quando começou a pandemia. Ano passado, só não houve mortes pela covid-19 nos dias 31 de março, e 2, 7, 9, 10, 12, 13 e 23 de abril.

A primeira morte registrada em Alagoas pelo Boletim Epidemiológico da Sesau foi em 30 de março de 2020. Naquele dia, um homem de 64 anos, natural do Acre, morreu vítima da Covid-19 no Estado. A informação foi divulgada no dia 31 de março de 2020.

Fonte: Gazetaweb

Nenhum comentário