Últimas notícias

PC prende acusados de homicídio e apreende simulacro e arma de fogo em Penedo


Policiais civis da Delegacia Regional de Penedo (7ª DRP), sob o comando do delegado Gustavo Xavier, deflagraram uma operação e prenderam três homens acusados de terem participado do assassinato de Alisson Monteiro Cavalcante, de 23 anos.
O homicídio ocorreu em 16 de novembro de 2018. A vítima foi morta a tiros.
De acordo com o delegado, os três foram presos em cumprimento a mandado de prisão expedido pela juíza Fabíola de Melo Feijão, após solicitação feita pela Polícia Civil, em função de investigações para o esclarecimento do caso.
Segundo a autoridade policial, Rubenildo Galdino da Silva, conhecido como “Pavão”, foi preso na terça-feira (16), no Centro de Igreja Nova. Nesta quarta-feira (17) foram presos Edivaldo Soares da Silva Junior (Juninho) e Marcos Antônio dos Santos, conhecido como “Seu Marcos”, na Avenida Guarani, na Vila Matias, em Penedo.
“Os três têm envolvimento com o homicídio, inclusive Edivaldo Soares já confessou. Estamos investigando também se eles estão envolvidos em outros  crimes”, frisou o delegado regional de Penedo.
Apreensão de arma
O delegado regional Gustavo Xavier informou ainda que uma outra ação da Polícia Civil, em Penedo, nesta quarta-feira (17), resultou na apreensão de um revólver e um simulacro de arma de fogo .
Duas residências foram visitadas pelos policiais civis, em cumprimento a mandados de busca e apreensão expedidos pela juíza Fabíola de Melo Feijão. Em uma delas os agentes encontraram um revólver e munições de calibre 38. O proprietário não foi preso porque não estava na residência.
De acordo com o delegado,  a equipe policial  também esteve na casa de um homem que gostava de ostentar fotos de revolveres de brinquedo nas redes sociais, como se fossem de verdade. No local, os policiais apreenderam um simulacro de arma de fogo.
“Por enquanto não vamos divulgar os nomes dos suspeitos, porque estamos investigando se eles têm participação em crimes na região”, concluiu o delegado regional de Penedo, Gustavo Xavier.
PC/AL

Nenhum comentário