Últimas notícias

A briga



Realmente o outro era bem maior, mais forte do que ele. Mas mesmo assim a sua coragem era o que o fazia sentir – se forte diante do seu inimigo.

Suas forças jamais seriam recarregadas se ele saísse perdendo naquela briga, porém o jovem pequeno e magrinho queria, era dar um basta naquela situação. Já estava cansado.

Há tempos que sofria com insultos e empurrões, os quais deixavam marcas na alma por não conseguir revidar pelo medo de apanhar e se machucar seriamente.

Muitos assistiam as cenas de maus tratos e humilhação e nem se quer tentavam defende– lo. Parecia algo normal e natural. Bom de se ver. Divertido!

Embora corajoso, valentão e temido por todos, estava ali deitado no chão com o olhar de medo, temendo que ele com o poder da palavra desse um fim naquela situação, falando para todos o seu segredo. 

O grandão preferiu cair no chão, fingindo ter sido vencido pelo frágil mocinho a sofrer com as algazarras que fariam seus próprios amigos quando tomassem conhecimento.

Por Val Marks (Escritor)

Diga não à violência! Diga não ao bullying

Nenhum comentário