Últimas notícias

PC prende mulher que permitia abusos sexuais contra filha

Criança era abusada pelo padastro desde os 9 anos; crime foi praticado durante 6 anos

Policiais civis da 6ª Delegacia Regional de Polícia (6ªDRP) de São Miguel dos Campos, sob a coordenação do delegado João Marcello Almeida, prenderam nesta sexta-feira (18) uma mulher acusada de omissão em abuso sexual da própria filha.
Maria Welida Roze Ferreira da Silva, 35 anos, foi presa em cumprimento a mandado de prisão, expedido pela 4ª Vara Criminal de São Miguel dos Campos. Ela foi detida no conjunto Bela Vista II.
Segundo a autoridade policial, Maria Weilda sempre teve ciência que sua filha era abusada sexualmente por seu companheiro, padrasto da menina, Geovanio Ferreira da Silva, 37 anos.
Os abusos iniciaram quando a menina tinha apenas 9 anos de idade, e eram praticados com regularidade.  Aos 15 a jovem engravidou e teve uma filha do padrasto.
Maria Weilda permitia que a filha fosse abusada sexualmente pelo seu companheiro, sendo totalmente omissa, não tomando nenhuma providência. Inclusive procedeu ao registro de nascimento de sua neta em nome do seu esposo.
Geovanio Ferreira encontra-se detido desde novembro de 2015, quando foi preso em flagrante delito por estupro de vulnerável. Na época Maria Weilda também havia sido presa, no entanto foi posta em liberdade em junho de 2016.
O delegado informou ainda que com o trânsito em julgado da condenação, Maria Weilda retornará para a prisão, onde cumprirá pena de 17 anos e 8 meses de reclusão.
A prisão se dá no mesmo dia dedicado ao Enfrentamento ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes em todo país.
Fonte: PC/AL

Nenhum comentário