Últimas notícias

Clonagem de cartões: PC revela detalhes de prisão de quadrilha

A Polícia Civil de Alagoas revelou na manhã desta sexta-feira (17), em entrevista na sede da instituição, no bairro de Jacarecica, detalhes da prisão de uma quadrilha especializada em clonagem de cartões de crédito e, de débito, que atuava em Maceió. Quatro pessoas foram detidas, inclusive o líder do grupo, identificado como José Carlos Monteiro dos Santos, conhecido também como “Paraíba” ou “Alemão”.
As prisões, realizadas pelo Grupo de Investigação da Delegacia Geral (GIDG), aconteceram na noite de quinta-feira (16), depois de uma investigação que durou pelo menos três meses, que foi iniciada após a prisão de um vereador de Santa Luzia do Norte, igualmente envolvido na clonagem de cartões.

Além do frentista, a polícia prendeu um homem suspeito de cometer o mesmo crime, em outros estados do Brasil, e de usar nomes falsos.Há a informação de que ele responde pelo mesmo crime na Paraíba, e que existe um mandado de prisão em aberto contra ele em São Paulo.O coordenador do GIDG informou que um frentista foi detido, e o grupo utilizava uma máquina para capturar informações dos cartões de crédito, que eram enviadas para um computador via bluetooth de um posto de combustíveis, localizado no bairro de Cruz das Almas.
Segundo o coordenador, no apartamento que José Carlos usava como escritório foram encontrados uma máquina de clonar cartão, mais de 500 cartões, alguns em branco, e aparelhos celulares com informações que o associam a outros criminosos em outros estados.
“As outras duas pessoas presas são um homem que foi detido pelo mesmo crime em 2005 e outro suspeita de entregar maquinetas com leitor de cartões em estabelecimentos comerciais”, disse o coordenador do GIDG.
O material e os presos foram levados à Divisão Especial de Investigação e Captura (Deic), no bairro da Santa Amélia, para serem ouvidos e autuados.

Fonte: Pc Al

Nenhum comentário